O Negrinho do Pastoreio

Negrinhodopastoreio

O “Negrinho do Pastoreio” é uma lenda de origem africana que surgiu no folclore do Rio Grande do Sul no século XIX, época em que ainda havia escravidão no Brasil. Esta lenda retrata a violência praticada contra os escravos naquela época.

A Lenda

Segundo a lenda, havia um fazendeiro muito rico e mau que possuía muitos escravos em sua propriedade. Um destes escravos era um menino de uns quatorze anos que tinha como tarefa diária cuidar do pasto e dos cavalos do fazendeiro.

Um dia, ao voltar do trabalho, o menino foi acusado de ter perdido um dos cavalos. O fazendeiro mandou açoitá-lo e ordenou que ele voltasse ao pasto para procurar o cavalo perdido.

Após passar horas andando pelo pasto sem nada encontrar, o menino retornou e foi novamente castigado. Desta vez, o patrão ordenou que o amarrassem sem roupas num tronco junto a um formigueiro.

No dia seguinte, o fazendeiro voltou ao local do castigo e levou um susto. O menino estava livre, sem nenhum ferimento e montava o cavalo que havia sumido.

Conta a lenda que foi um milagre realizado por Nossa Senhora que salvou o menino e o transformou em um anjo que, ainda hoje, fica cavalgando pelos campos.

De acordo com a crença popular, o Negrinho do Pastoreio é considerado o protetor das pessoas que perdem alguma coisa. Ao perder algo, basta pedir ao Negrinho que ele ajuda a encontrar. Em agradecimento, a pessoa deve acender uma vela ou comprar uma planta ou flor.

(Texto adaptado. Fonte: http://www.suapesquisa.com)

Teatro de Caixa Lambe-lambe.
Inspirado no conto de João Simões Lopes Neto.

Espero que tenham gostado da lenda.

Abraços. 🙂

Comments

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s