Acarajé

Acarajé

O acarajé é um bolinho típico da culinária afro-brasileira. Atualmente, é apreciado em muitas cidades do Brasil, mas é em Salvador, no estado da Bahia, que seu consumo é mais difundido. Tradicionalmente, é vendido por baianas em tabuleiros montados nas ruas, mas também pode ser degustado em bares e restaurantes.

O bolinho é feito de feijão fradinho triturado e temperado com cebola e sal. Em seguida é frito em azeite-de-dendê. Pode ser servido com recheio de vatapá, camarão seco, salada e pimenta. Quando se usa a pimenta, diz-se que o acarajé é “quente”.

O nome “acarajé” resulta da junção de duas palavras da língua falada pelos yorubas (da África ocidental): àkàrá (que quer dizer “bola de fogo”) e je (comer).

Segundo historiadores, o acarajé chegou ao Brasil por intermédio dos africanos e faz parte da culinária oferecida aos orixás nos rituais de Candomblé.

(Fonte: escola.britanica.com.br)

 Vocabulário

Vocabulário

Vatapá – Prato que tem por base pão amolecido (ou farinha de trigo) e a que se acrescentam carne de peixe desfiada, camarão fresco, camarão seco e diversos temperos, além de azeite de dendê.

Orixás – Na mitologia yoruba,  orixás  são ancestrais divinizados africanos que correspondem a pontos de força da natureza e os seus arquétipos estão relacionados às manifestações dessas forças. As características de cada orixá aproxima-os dos seres humanos, pois eles manifestam-se através de emoções como nós.

Candomblé – É uma religião derivada do animismo africano onde se cultuam os orixás,  voduns ou nkisis, dependendo da nação. 🙂

Comments

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s